Gretchen sofreu violência doméstica e ficou 30 anos sem poder ver um dos filhos

Ao contrário de piadas que circulam na internet, Gretchen não acumula dezenas de casamentos. A própria cantora agora acha graça no fato, mas faz questão de deixar claro que, oficialmente, só se casou 5 vezes. E, em um desses casamentos, viveu um verdadeiro inferno, se vendo obrigada a abrir mão do próprio filho para salvar a vida dele.

Aos 26 anos, Gretchen já era famosa em todo o Brasil e reconhecida como rainha do bumbum. Na intimidade, no entanto, o sofrimento fazia parte da vida dela.

Ela estava casada com um marido extremamente ciumento e violento. “Eu vivia em uma verdadeira cela de ouro. Eu tinha tudo, menos liberdade”, definiu a famosa sobre o período.

Gretchen diz que, quando conheceu o companheiro, ele era muito gentil e, por isso, nunca imaginou que ele pudesse ser uma pessoa agressiva.

A situação mudou, no entanto, quando os dois foram morar juntos e tiveram um filho, o primeiro do casal e segundo da cantora, que já era mãe de Thammy.

“Eu era agredida todos os dias, eu era espancada (…). Eu apanhava por qualquer motivo. E ele não tinha nenhum problema com bebida. Ele me batia porque era psicopata”, contou a cantora que, um dia, resolveu dar um basta na relação. Na época, seu filho tinha um ano e meio.

Gretchen se afastou do filho para salvá-lo

Durante uma viagem do ex-companheiro, Gretchen conseguiu fugir de casa com seu filho.

Meses depois, quando a situação já parecia ter sido normalizada, ela voltou para sua residência com a criança. O marido agressor, no entanto, reapareceu e ameaçou a cantora.

“Ele chegou com uma arma e disse que eu tinha que passar a guarda do meu filho para ele, porque senão ele ia sumir com meu filho. Eu não queria que ele tirasse a vida do meu filho. Então, assinei o papel e ele levou”, revelou.

De acordo com a cantora, além de obrigá-la a transferir a guarda do menino, o ex ainda impediu que a mãe tivesse contato com o filho, que só foi ouvir o relato real muitos anos depois.

“Eu nunca contei porque ele era muito pequeno e eu não queria que sofresse”, explicou.

Gretchen tem outros 6 filhos, mas a dor dessa separação sempre a acompanhou. Ela sonhava em reencontrá-lo e tinha medo de não ser compreendida pelo filho.

Quando descobriu que ele morava nos Estados Unidos, entrou em contato e marcou um encontro, revela o MSN.

Finalmente, após 30 anos, mãe e filho poderiam se conhecer. E apesar de todo o tempo de separação, o filho a recebeu bem.

Além de sinônimo de resistência na carreira artística, Gretchen também é a prova do que uma mãe é capaz de fazer para salvar a vida de um filho.

17/01/2020

(Visited 1 times, 1 visits today)