iPhone impopular e caro faz Apple cair mais de 5% na última semana

A Apple abriu esta semana como terminou a última, oscilando em baixa. O movimento dos papéis da empresa podem ser explicados pelos últimos resultados de venda de seu principal produto, a linha iPhone. Uma possível queda de venda dos smartphones já vinha sendo anunciada, porém só agora que o valor da empresa na bolsa começa a ser afetado pelo fato.

Desde a última quinta-feira (6), os gráfico da Apple vem mostrando trajetória descendente, e nos últimos cinco dias acumulou queda de 5,65%. Nos últimos três meses, as perdas acumuladas foram de 23,86%, sendo 17,60% só nos ultimos 30 dias . Apesar da queda de valor das empresas de tecnologia serem uma tendência das últimas semanas, o caso da Apple envolve outros fatores preocupantes.

O maior deles é a queda das vendas do iPhone. A empresa já havia anunciado uma revisão da expectativa de venda de seus novos aparelhos, diminuindo os pedidos de produção. A expectativa é de que a queda seja de 15% a 20% por conta da concorrência e das práticas de preços altos, principalmente em países emergentes que sofrem com câmbio desfavorável, revela o Terra.

Outro fator que leva a diminuição das vendas do iPhone é o aumento do “ciclo de substituição do produto”, como explica o analista Angelo Zino para a Business Insider. Para ele, conforme a qualidade e o preço médio do aparelho aumento, mais tempo um usuário fica sem trocá-lo. Os números exatos porém, ficarão a cargo da especulação, uma vez que a empresa anunciou que não irá mais divulgar dados de vendas, que cresceram 0,4% no terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior.

10/12/2018

(Visited 1 times, 1 visits today)